4 Janeiro - Pedidos Diários    

Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes, estejam prontos para toda boa obra, não difamem a ninguém; nem sejam altercadores, mas cordatos, dando provas de toda cortesia, para com todos os homens. Pois nós também, outrora, éramos néscios, desobedientes, desgarrados, escravos de toda sorte de paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiosos e odiando-nos uns aos outros.

Tito 3:1-3

Pensamento: Estes versículos nos desafiam a algo muito importante: a não só obedecer às autoridades, mas também a não difamá-las, a não falar mal delas. E Paulo, nesta carta a Tito, nos dá um bom motivo para isto: no passado, nós também fomos desobedientes a Deus, e escravizados pelo pecado. Nós quase o ouvimos dizer: “Se você não fosse um servo de Deus, e estivesse no lugar daquela autoridade, também faria a mesma coisa!” Por isto, cada vez que formos tentados a criticar a medida que foi assinada, ou a participar de um “banquete”de fofoca, onde o prato principal for uma autoridade, lembremo-nos desta exortação do apóstolo, e convertamos nossa crítica em oração; nossa condenação em compaixão. Pois foi isto que recebemos do nosso Senhor.

Oração: Pai, eu te peço perdão por todas as vezes que eu já falei mal dos governantes. E muito obrigado porque eu não lido com as mesmas tentações com as quais eles lidam. Tenha misericórdia deles, Senhor. Liberte-os do pecado, aos quais estão escravizados. Eu também já fui como eles, Pai. Dê-lhes força para serem íntegros, e sabedoria para tomar as decisões certas. Toca no coração do nosso povo, a começar no meu, para que, quando não tiver nada de bom a dizer sobre eles, que falemos deles sim, mas somente com o Senhor, para que o Senhor tenha misericórdia e os ilumine. No nome de teu Filho Jesus, a luz da vida, eu oro. Amém.

Pedido Diário: Presidente e membros da Câmara